app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN27012022

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 27/01/2022 - Matéria atualizada em 26/01/2022 às 22h42

A perseguição política mesquinha de alguns adversários de JHC tentando desmistificar o sucesso da Cadeira Gigante instalada na Praia de Ponta Verde, assunto da TV Globo no programa Mais Você, de Ana Maria Braga, e de milhões de acessos na internet, revela que medíocres adversários começam a se desesperar nem bem começou a campanha, o que induz o caminho certo que a administração de Maceió vem realizando em benefício de todos os turistas e maceioenses.

O mau gosto na criação e divulgação de vídeos certamente por profissionais pagos a peso de ouro contra a administração da prefeitura de Maceió, que até agora ninguém sabe a mando de quem, é uma demonstração de uma campanha política antecipada e que visa atingir a imagem do prefeito JHC, o qual, diga-se de passagem, vem fazendo com competência o seu dever de casa.


PROJEÇÃO

Mesmo que pau mandados insistam em negar a projeção de Maceió na TV e nas redes sociais, a Cadeira Gigante e outras atrações na Pajuçara e Ponta Verde mostram uma capital alegre, comunicativa, receptiva e que passa a ser um dos lugares mais procurados pelo turista brasileiro.


EXPLICAÇÃO

O governo do Estado, mais precisamente a Secretaria da Fazenda, deve explicações sobre as denúncias de recebimento de gratificações por auditores da pasta e que, invariavelmente, não contabilizam para desconto do imposto de renda.


TRIPLICOU

A contaminação pela Covid-19 tem triplicado nos últimos dias, e o número de óbitos já começa a assustar, além da disponibilidade de leitos na capital e no interior. Mesmo as autoridades de saúde adotando precauções, presume-se que novas medidas restritivas podem ocorrer a qualquer momento por parte do governo.


À VISTA

Parece que o Estado está mesmo disposto, em final de mandato, a reajustar os salários dos servidores públicos, matéria que já está em estudo há alguns dias. Pelo menos é o que tem defendido o deputado Paulo Dantas, na Assembleia Legislativa. Falta, porém, o projeto chegar à casa de Tavares Bastos para que seja apreciado pelos parlamentares.


SEM ESFORÇO

Com os cofres abarrotados de dinheiro e com uma arrecadação nunca vista antes principalmente pela cobrança do ICMS nos combustíveis, o governo do Estado não concede o reajuste salarial se não quiser.


COMPARAÇÃO

Os professores do Estado, que estão começando a receber um tratamento diferenciado quando se aproximam as eleições, querem pelo menos terem os salários correspondentes ao município de Maceió.


ZERO DE IMPOSTO

O presidente Jair Bolsonaro, cuja equipe de governo elabora uma Projeto de Emenda Constitucional, afirma que se o Congresso aprovar, os impostos federal, estadual e municipal serão zerados, o que corresponde a uma queda bruta no preço dos combustíveis. A Câmara deverá receber a PEC nos próximos dias para apreciação.


SEM VISITAS

Após o afastamento de 36 profissionais da saúde e de 14 deles testarem positivo para a Covid-19, o Hospital Portugal Ramalho suspendeu as visitações de familiares para pacientes adultos na unidade de saúde. Segundo a direção do hospital, 12 pacientes estão isolados com sintomas de síndromes gripais e 4 deles foram diagnosticados com a doença provocada pelo coronavírus. A unidade ainda restringiu os casos em que pacientes deverão ser internados no local.


» No Pilar, 99,1% do total de alunos do 1º ao 5º ano foram aprovados no ano letivo de 2021. Esse é o maior índice dos últimos 10 anos na rede municipal de ensino.

» Já entre os alunos do 6º ao 9º ano, o índice também foi expressivo, de 98,6%. Pilar saltou de 5,9 mil, em 2017, para os atuais 8 mil alunos matriculados.

» O Brasil bateu novo recorde de casos registrados em 24 horas. Entre terça-feira e ontem, foram confirmados pelas autoridades de saúde 224.567 diagnósticos positivos de covid-19.

» Foi o maior número desde o início da pandemia. O número de pessoas que perderam a vida em consequência da covid-19 alcançou 624.413.

Mais matérias
desta edição