app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

OCUPAÇÃO DE LEITOS DE UTI COVID PEDIÁTRICA É DE 90% EM ALAGOAS

A taxa de ocupação de leitos de UTI Pediátrica para pacientes de Covid-19 em Alagoas chegou a 90% das vagas ofertadas ontem, de acordo com o Relatório de Ocupação Diária dos Leitos Exclusivos para a Covid-19 e Influenza divulgado pela Secretaria de Estad

Por | Edição do dia 27/01/2022 - Matéria atualizada em 26/01/2022 às 22h24

A taxa de ocupação de leitos de UTI Pediátrica para pacientes de Covid-19 em Alagoas chegou a 90% das vagas ofertadas ontem, de acordo com o Relatório de Ocupação Diária dos Leitos Exclusivos para a Covid-19 e Influenza divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde. Dos dez leitos de UTI Pediátrica disponibilizados no Hospital da Mulher para estes casos, 9 estavam ocupados.

A tendência de ocupação vem se mantendo alta desde o último dia 17, quando foram reabertas mais quatro vagas de UTI Covid para pacientes pediátricos.

Na semana anterior (9 a 15) estavam disponíveis seis vagas para este público, com ocupação variando entre 67%, no dia 14, quando havia quatro leitos ocupados, e 100%, taxa de ocupação dos dias 9, 12 e 13 de janeiro. Nos outros três dias (10, 11 e 15), a ocupação ficou em 83%, com cinco vagas ocupadas, mesma taxa observada no dia 16.

Com a ocupação em alta, no dia 17 havia seis leitos ocupados, passando agora a representar 60% da oferta, já que nesta data foram reabertos mais quatro leitos de UTI Covid pediátrica, chegando às dez vagas atuais. Na semana passada, a ocupação de leitos de UTI Covid Pediátrica baixou, variando entre 3 (18 e 19) e 6 (21, 23 e 14) leitos ocupados.

O número aumentou nos últimos dois dias, quando foram registrados 80% e 90% de ocupação, respectivamente, na terça e quarta-feiras.

Desde o início da pandemia, Alagoas registrou a perda de 30 crianças de até 10 anos para a Covid-19. Quando considerado o público menor de 18 anos, Estado registra 60 mortes de menores de 18 anos em consequência do coronavírus. Este mês foram registradas três mortes de bebês menores de um ano. nos dias 10, 17 e 20.

Mais matérias
desta edição